Notícias

As 10 mais

Prêmio elege as marcas mais lembradas no mercado educacional brasileiro

Do lápis de um aluno ao sistema financeiro de gestão de uma escola, as empresas de produtos e serviços educacionais têm papel fundamental na qualidade da educação básica, que atinge mais de 56 milhões de estudantes dos ensinos infantil, fundamental e médio, das redes pública e privada do país, segundo o Censo Escolar 2005 do Inep. É um universo grandioso, competitivo e cada vez mais especializado. Para não só identificar, como também para prestigiar as empresas que fazem parte desse segmento, a primeira edição do Prêmio TOP Educação 2006, da revista Educação, reconhece as marcas mais lembradas em 10 categorias do setor educacional. Uma seleção inédita, feita por pais e profissionais da área, e que visa qualificar ainda mais o mercado.

"Criamos este prêmio com a certeza de contribuir, de forma significativa, com a tríade educacional: as escolas, as empresas [fornecedoras de produtos e serviços] e, claro, os educadores", explica Edimilson Cardial, presidente da Editora Segmento, empresa responsável pela publicação da Educação. Além disso, ele ressalta que os maiores beneficiados com essa abordagem qualificativa são os próprios alunos: estudantes dessas escolas, consumidores dessas empresas e aprendizes desses educadores.

O Prêmio TOP Educação nasce para valorizar as empresas que oferecem serviços e produtos aos estudantes, professores e gestores. Estímulo para melhorar, busca de novos desafios e reconhecimento são três princípios que agregam valor a um prêmio, de acordo com Ana Célia Ariza, diretora da agência Aca Marketing Escolar., que atua hoje como consultora especializada em Marketing para Escolas.

"As empresas vencedoras do Prêmio TOP vão sentir a responsabilidade de manter a qualidade e conseguir ocupar o primeiro lugar novamente", diz Ana Célia. O fato de a votação ter sido espontânea e nenhuma empresa ter se cadastrado é um termômetro importante para medir não só os frutos de seus trabalhos, como também os da estratégia de marketing que adotam. "Com a concorrência acirrada do mercado, todas as empresas são obrigadas a investir em marketing", reforça. Para ela, existe uma diferença significativa entre o marketing de produtos e o de serviços educacionais: "É mais fácil fazer campanha de produto, porque é algo palpável. Serviço não, é mais abstrato".


Números do Prêmio –

Divulgado nas revistas Educação, Ensino Superior e Língua Portuguesa o Prêmio TOP Educação 2006 contou com mais de 8.200 votos, que elegeram, entre os meses de agosto e setembro desse ano, as marcas mais lembradas no setor educacional. A votação foi aberta e espontânea, sem listagem prévia, e feita através do site da revista
www.revistaeducacao.com.br

. Para votar, os participantes preencheram um cadastro, com informações pessoais e profissionais, incluindo número de CPF. Portanto, cada pessoa só pôde votar uma vez. De acordo com o cadastro para a votação, a maioria dos participantes foi composta de educadores (35%) e diretores (31%), seguidos de estudantes de pedagogia (17%) e outros profissionais da área (7%) ou não (10%).

As dez categorias do Prêmio são: sistema de ensino, escola de idiomas, editora de livro didático e de livro infantil, fabricante de material escolar, de computadores, emissora de TV, portal de internet, empresa de tecnologia e sistema de gestão escolar administrativo/financeiro. As empresas TOP Educação 2006 receberão um selo comemorativo para inserção em seus sites e uso em quaisquer outros materiais publicitários.


O PRIMEIRO COLOCADO DE CADA CATEGORIA:


FABRICANTE DE MATERIAL ESCOLAR


Faber-Castell

– 84%


Estratégia:

A empresa não revela. Mas, de acordo com a pesquisa, foi a que obteve a maior votação de todas as categorias: 84% dos participantes lembraram da marca.


Produção:

São mais de 1,6 bilhão de lápis de madeira plantada por ano, configurando-se na liderança mundial do setor.


Histórico:

A empresa foi fundada na Alemanha em 1761 e no Brasil em 1930. Tudo começou com a fabricação do primeiro lápis por Kaspar Faber, a 1ª geração da companhia. Hoje, a empresa é liderada pelo Conde Anton Wolfgang von Faber-Castell (que representa a 8ª geração) e é considerada um dos grupos industriais mais antigos do mundo.

"É importante para a Faber-Castell ser reconhecida pelos principais atuantes do mercado educacional. Além de representar o nosso compromisso em atender e superar as necessidades deste mercado, reafirma a nossa tradição de qualidade. Esta iniciativa permite avaliar a percepção do público e contribui para o alcance de equilíbrio entre qualidade e resultado para as empresas deste segmento."

Elaine Mandado

, gerente de serviços de marketing



SISTEMA DE ENSINO


Objetivo

– 38%


Estratégia:

Marketing boca-a-boca, decorrente do que pais e alunos divulgam sobre os resultados que obtêm com o método de ensino Objetivo.

Público atendido:

Cerca de 400 mil alunos no Brasil, em 450 unidades, além de 10 escolas no Japão.

Histórico:

Fundado há 40 anos, por João Carlos Di Genio, Dráuzio Varella, Roger Patti e Tadasi Itto, como um pequeno curso preparatório para as faculdades de medicina, na região central da cidade de São Paulo. A instituição abrange o ciclo completo do sistema educacional brasileiro, da educação infantil à pós-graduação universitária.

"A área educacional é bastante concorrida e merece a atenção do público, pois a escolha de uma escola é das opções mais importantes no futuro das pessoas. Uma iniciativa como essa pode, inclusive, melhorar o empenho das escolas em corresponder ao que delas se espera."

Jorge Brihy

, diretor do Objetivo



EMISSORA DE TELEVISÃO


Globo

– 53%


Projetos sociais:

Criança Esperança – mobilização social para defesa dos direitos de crianças e jovens; Ação Global – projeto que presta serviços à população; Amigos da Escola – educação fundamental, por meio da mobilização da sociedade.


Público atendido:

Atualmente, a Rede Globo cobre cerca de 99,84% dos 5.043 municípios brasileiros, com [cerca de] 117 emissoras entre geradoras e afiliadas.


Histórico:

As raízes da TV Globo estão em dois jornais criados por Irineu Marinho: A Noite (1911) e O Globo (1925). Com a morte de Irineu, o filho Roberto Marinho levou O Globo adiante – trabalho que se estendeu com a consolidação do Sistema Globo de Rádio, a Editora Globo e a própria Rede Globo de Televisão, fundada em abril de 1965. Em 1º de setembro de 1969, o Jornal Nacional foi ao ar, lançando a transmissão em rede, quase 20 anos após o aparecimento da televisão brasileira. Em 1972, implantou a TV em cores no Brasil. A Rede Globo conta com cerca de 8 mil funcionários, sendo mais de 4 mil envolvidos na criação dos programas: autores, diretores, atores, jornalistas, cenógrafos, figurinistas, produtores, músicos e técnicos.



ESCOLA DE IDIOMAS


CCAA

– 17%


Estratégia:

Aposta na qualidade, eficácia e atualização constante de seu material didático, como diferencial de seu sistema de ensino. Da criação do conteúdo intelectual à produção de CD-ROMs e DVDs, desenvolvem constantemente produtos que estejam em sintonia com as demandas de ensino contemporâneas.


Público atendido:

Cerca de 300 mil pessoas, em mais de 800 franquias no Brasil e 17 unidades em países como EUA, Japão, Portugal, Chile, El Salvador e Guatemala. Além das franquias, há os que estudam nas escolas que adotam o método do CCAA: inglês da classe de alfabetização ao ensino médio, e espanhol da 5ª série do ensino fundamental até a 3ª série do ensino médio. O método CCAA está presente em aproximadamente 1,5 mil escolas, algumas delas nos EUA, Japão e Coréia.


Histórico:

O CCAA surgiu em 1961, no Rio de Janeiro, com um método audiovisual adaptado às necessidades do aluno brasileiro. Em 2005, o Grupo CCAA inaugurou a Faculdade CCAA, que oferece cursos de Letras e Comunicação Social.

"Prêmios como o Top Educação são oportunidades democráticas e imparciais de avaliação das instituições ligadas ao setor educacional. São profissionais do mercado manifestando-se acerca da qualidade percebida de quem empreende na área da educação.

E essa avaliação é muito bem-vinda. Afinal, reconhecimento é um ingrediente importante para se alcançar o sucesso em qualquer atividade."


Raul Peçanha

, gerente de marketing do CCAA



EDITORA DE LIVRO DIDÁTICO


Editora Ática

– 18%


EDITORA DE LIVRO INFANTO-JUVENIL


Editora Ática

– 18%


Estratégia:

Em todas as cidades brasileiras, as equipes de divulgadores da Ática desenvolvem um intenso trabalho de visitas às escolas e, em particular, aos docentes. Tal estratégia é complementada com a remessa de catálogos, folhetos e exemplares de lançamento diretamente para a casa dos professores. A meta é atingir desde as grandes capitais até os locais mais distantes, levando o livro à menor escola do país. As atividades do departamento comercial da Ática também avançaram e o livro é acompanhado de serviços oferecidos aos professores e às escolas.


Público atendido:

A Editora Ática está entre as líderes no setor de livros escolares. A empresa contabiliza cerca de 2.500 títulos em catálogo e aproximadamente 1.100 autores diferentes, com a seguinte distribuição:

20% de livros didáticos
24% infantis
21% juvenis
15% paradidáticos
11% universitários
4% educação
3% interesse geral
1% dicionários
1% literatura adulta



Histórico:

O Curso de Madureza Santa Inês (que hoje corresponde ao EJA – Educação de Jovens e Adultos) foi fundado em outubro de 1956 pelos irmãos Anderson Fernandes Dias e Vasco Fernandes Dias Filho e pelo amigo Antonio Narvaes Filho. Em razão do número de estudantes que procuravam o Santa Inês, o mimeógrafo era insuficiente para imprimir as apostilas. Assim, em 1962, foi criada a Sociedade Editora do Santa Inês Ltda. (Sesil )
.
Mais tarde, vislumbrando a conquista de professores e estudantes de outras escolas, decidiu-se pela criação de uma editora. Ática, região onde fica Atenas, berço da civilização grega, foi o nome proposto pelos professores de História. Em fevereiro de 2004, o Grupo Abril adquiriu a Editora Ática na totalidade, inaugurando uma nova fase na história da empresa, que passou a fazer parte da Abril Educação.

"Sou a favor da premiação dos melhores do mercado, das empresas que mais se destacam, porque fomenta justamente a busca pela perfeição. E a maneira como foi feita a votação, de forma transparente e espontânea, nos dá ainda mais orgulho. Orgulho de contribuir para a educação, especialmente no Brasil – que ainda tem de dar largos passos, para se destacar, competitivamente, no mundo. Esse tipo de premiação só contribui para que as editoras tentem ser sempre melhores. E nós, da Ática, buscamos constantemente a excelência não só editorial, mas comercial também: entregamos livros até de canoa."

Émerson Santos

, diretor de marketing



EMPRESA DE TECNOLOGIA


Microsoft

– 20%


Estratégia:

Entender o cliente e apresentar soluções; ajudar pessoas e negócios a atingirem seu potencial pleno. No caso da educação, viabilizar a colaboração entre educadores e alunos; a produtividade e efetividade nas pesquisas e na relação currículo-contexto, além da excelência na gestão.A Microsoft possui várias áreas que investem em inclusão social, por meio da inclusão digital. Há a iniciativa Parceiros na Aprendizagem, com projetos focados na educação básica pública e que já beneficiaram, diretamente, com programas de desenvolvimento profissional, 5,5 milhões de estudantes e educadores. Nos últimos anos, a Microsoft Brasil investiu 41 milhões de reais para levar a tecnologia a escolas, universidades, ONGs e comunidades carentes, em parceria com organizações.


Histórico:

A Microsoft Corporation ocupa a primeira posição no ranking mundial das empresas de software. Com um modelo baseado em inovação, a empresa investe anualmente 6,9 bilhões de dólares no desenvolvimento e integração de tecnologias que capacitam as pessoas e empresas para atingirem seu potencial pleno em casa, no trabalho ou na sociedade. Atuante no Brasil desde 1989, a Microsoft se destaca pelo fomento à indústria de TI, transferência de tecnologia e capacitação de profissionais, gerando oportunidades diretas na área de tecnologia para mais de 15 mil empresas e 313,5 mil profissionais.


"É importante ter esse reconhecimento de fornecedores de produtos e serviços do mercado educacional brasileiro, pois profissionaliza e é fundamental para a qualidade da nossa educação. Acreditamos fortemente que a Microsoft é a empresa-referência em tecnologia e estamos muito felizes pelo destaque nesta categoria do Prêmio Top Educação."

Ana Tereza Ralston

, gerente do programa educacional



PORTAL DE INTERNET


UOL

– 29%


Estratégia:

O UOL Educação e o UOL Vestibular têm como marcas o jornalismo de serviço e o oferecimento de conteúdo de apoio à prática educacional. Fazem a cobertura de processos seletivos de universidades e faculdades de todo o Brasil. No caso dos conteúdos de apoio, o site Lição de Casa, que faz parte do UOL Educação, serve como fonte de consulta a estudantes dos níveis fundamental e médio, além dos próprios professores.


Público atendido:

Segundo o Ibope NetRatings, o UOL teve média de 8,681 milhões de visitantes únicos domiciliares mensais no Brasil no primeiro semestre de 2006, número que lhe dá a primeira posição no ranking dos maiores portais de conteúdo do país e representa mais de 65% de alcance nesse mercado. Isso significa que, de cada 10 pessoas que acessam a internet a partir de casa, 6 visitam o UOL regularmente.


Histórico:

Lançado em 1996, o UOL provê acesso em mais de 3 mil localidades brasileiras e oferece também números locais de conexão em mais de 14 mil cidades no exterior. Tem mais de 1,5 milhão de assinantes pagantes e, desde setembro de 1999, atua também como portal e provedor de acesso na Argentina.

"Priorizar a educação é uma questão que deveria ser suprapartidária e capaz de construir um consenso na sociedade. Assim, uma premiação que chame atenção para a educação e para quem trabalha nela, especialmente com uma visão construtiva e não-mercantilista, é uma boa iniciativa. Não sei quanto pode contribuir, mas espero que seja o suficiente para incrementar o debate sobre o tema no Brasil."

Cláudio Luis de Souza

, editor do UOL Educação e UOL Vestibular



SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR ADMINISTRATIVO/FINANCEIRO


Alabama

– 13%


Estratégia:

Fazer de cada cliente um defensor da marca, um parceiro na divulgação, um avalista da qualidade dos serviços. Há uma política de responsabilidade social, que se desdobra em várias ações: Sociais – seleção de fornecedores socialmente responsáveis, ONGs e cooperativas, especialmente aquelas voltadas à educação e geração de renda; ambientais: impressão de livros e apostilas em material reciclado e redução de lixo e de emissão de poluentes via teletrabalho; de inclusão: contratação de portadores de necessidades especiais na empresa e de tradutores Libras em seminários e congressos; educacionais: oferta gratuita de palestras de orientação financeira e gestão pessoal para profissionais menos favorecidos das escolas e de orientação profissional para estudantes secundaristas ou universitários.


Público atendido:

Na consultoria, cerca de 100 escolas; mas são contratos que terminam, os clientes ficam inativos por um tempo (apesar de se manterem utilizando a tecnologia), depois retornam. Atualmente, há cerca de 25 escolas ‘ativas’; Na editora, são mais 1.000 clientes/consumidores dos livros; nos cursos de gestão, 40 escolas ativas e mais de 100 atendidas até hoje; nas palestras e treinamentos, são mais de 25 mil educadores computados.


Histórico:

A Alabama surgiu dentro de uma república de estudantes, de 19 e 20 anos, na faculdade de matemática da USP. Das correções de provas e aulas particulares à atual atividade da empresa – o de consultoria e orientação para gestão -, os quatro sócios sempre mantiveram o foco em um setor: o da educação.

"Não nego a surpresa do primeiro lugar, mas sabemos que o prêmio vem validar nosso trabalho. É uma boa força para a marca, especialmente nessa comemoração dos nossos 15 anos de estrada. Por ser um prêmio aberto, transparente, sem abordagem marcadamente comercial, tem muito mais valor."

Maurício Berbel

, sócio-diretor



FABRICANTE DE COMPUTADORES


Dell

– 21%


Estratégia:

Foco na venda direta ao cliente e investimento constante em treinamento de atendimento e prestação de serviços. Investe em programas de inclusão digital de jovens das comunidades em que atua, como o Projeto Cidadão Digital – que oferece aulas de informática básica e cursos profissionalizantes em manutenção de computadores – e as iniciativas Adote um Aluno e Programa de Doações.


Produção:

A empresa não informa dados regionais.


Histórico:

A Dell foi fundada em 1984, por Michael Dell, a partir do seguinte conceito: vender computadores pessoais diretamente ao consumidor, sem o uso dos canais tradicionais de distribuição. A fabricante de computadores tem, aproximadamente, 65.200 funcionários em todo o mundo e liderou a migração comercial para a internet, ao lançar, em 1994, o site
www.dell.com

, e, em 1996, a área de comércio eletrônico. No ano seguinte, a Dell se tornou a primeira empresa a registrar um volume de vendas on-line no valor de US$ 1 milhão. Atualmente, a Dell administra um dos sites comerciais na internet com os mais altos volumes no mundo, ou seja, mais de dois bilhões de acessos por trimestre em seus 84 sites de países, escritos em 20 línguas e dialetos e utilizando 26 moedas.

"A identificação de empresas que prestam serviços e promovem o setor não só reconhece os líderes, como incentiva outras empresas a entrarem numa área que possui crescimento potencial e imediato. Também percebemos este prêmio como um reconhecimento de nosso esforço."

Fernando Loureiro

,
diretor de assuntos corporativos





OS TRÊS PRIMEIROS COLOCADOS NAS 10 CATEGORIAS



SISTEMA DE ENSINO

 


Objetivo


38%


Positivo


11%


Anglo


6%


ESCOLA DE IDIOMAS

 


CCAA


17%


Wizard


16%


Fisk


13%



EDITORA DE LIVRO



INFANTO-JUVENIL

 


Ática


22%


Moderna


9%


Editora Salesiana


8%



FABRICANTE DE
MATERIAL ESCOLAR

 


Faber-Castell


84%


BIC


6%


Tilibra


3%


FABRICANTE DE
COMPUTADORES

 


Dell


21%


Intel


17%


IBM


11%


PORTAL DE INTERNET

 


UOL


29%


Google


12%


Terra


8%


EMISSORA DE TELEVISÃO

 


Globo


53%


Cultura


18%


SBT


4%


EMPRESA DE TECNOLOGIA

 


Microsoft


20%


AIX Sistemas


14%


IBM


4%


SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR
ADMINISTRATIVO/FINANCEIRO

 


Alabama


13%


AIX Sistemas


8%


Educador.net


6%