Ensino híbrido e EAD só tendem ao crescimento

Ilumno, proprietária da Universidade Veiga de Almeida e do Centro Universitário Jorge Amado, ganha novo diretor-presidente que incentiva investimentos em plataformas tecnológicas

SHARE
, / 0

A Ilumno do Brasil, proprietária e operadora da Universidade Veiga de Almeida (UVA), no Rio de Janeiro, e do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), na Bahia, contratou o executivo José Maria de Vasconcellos e Sá como diretor-presidente para comandar as operações no país. Diante do cenário de crise e pandemia, o grupo decidiu fortalecer ainda mais os investimentos no Brasil em ferramentas e tecnologias de educação para preparar as duas universidades para a era pós-pandemia, uma vez que a equipe acredita que o ensino a distância e o modelo híbrido devem prevalecer sobre o presencial.

Leia: Ensino remoto: o planejamento das aulas é, mais do que nunca, uma necessidade

ensino híbrido
Foto: Envato Elements

O Brasil representa mais da metade das operações da Ilumno na América Latina. Juntas, UVA e Unijorge têm mais de 30 mil alunos nas modalidades presencial e a distância. José Maria vai liderar uma equipe de quase dois mil funcionários em ambas as instituições e trabalhará em colaboração com a sede da Ilummo nos Estados Unidos.

“Vamos trazer tecnologias que o grupo tem lá fora e transformar o ensino presencial em híbrido, de forma mais dinâmica e prazerosa. A nova geração não vai conseguir consumir o modelo de sala de aula com uma pessoa falando por 50 minutos seguidos. É preciso inovar e oferecer novos recursos para contenção do aprendizado”, acredita Sá, que possui quase 20 anos de experiência no setor de ensino superior como consultor, empreendedor e executivo.

Leia também:

Instituições de ensino terão currículo integrado e com foco em competências

Procura por pós-graduação latu sensu mantém crescimento mesmo na pandemia

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN