Covid: jovens já se preocupam com a possível diminuição de vagas de emprego

Por conta da pandemia, desanimo quanto ao futuro também assolam os brasileiros

SHARE
, / 0

Em pesquisa do Nube, Núcleo Brasileiro de Estágios, 41,69% dos jovens de 15 a 29 anos afirmam sentirem medo das consequências da crise causada pelo novo coronavírus por saberem que, certamente, o número de vagas de emprego diminuirá. O levantamento aconteceu entre 25 de abril e 8 de maio e ouviu 14.353 pessoas.

Leia: Jovens periféricos narram as dores e alegrias de se tornarem universitários

Outros 29,27% relatam preocupação e desanimo quanto ao futuro. Já 14,95% estão um pouco receosos, pois “alguns perderão muito, mas outros ganharão”. Uma parcela de 8,33% opinou: “não, quem tem talento sempre supera qualquer obstáculo”. Por fim, 5,75% observam que: “não, o mercado voltará ainda mais aquecido”.

Leia: Universidades chinesas medirão a temperatura dos alunos na entrada

jovens preocupados
Foto: Shutterstock

Perspectivas

O recrutador do Nube, Vitor Santos, analisa que o impacto da pandemia foi forte em algumas áreas, mas setores como o da saúde, alimentação e produtos básicos, como supermercados e padarias, têm reforçado seus quadros de funcionários. Inegável também, é o possível crescimento nos serviços voltados à tecnologia, como marketing digital, desenvolvedores de sistemas e e-commerce.

“O momento não é para desespero, mas sim de fazer mudanças e ajustes. A pandemia acelerou o processo de transmitir muitas funcionalidades e negócios para o mundo virtual. Muitas corporações precisarão de auxílio em seu capital de investimento e planejamento para tais transformações”, afirma Santos.

O recrutador destaca que, após a crise, haverá um momento de recuperação econômica. “Isso fará as empresas reporem suas vagas congeladas e também abrir novas chances. “A busca será por profissionais dispostos, qualificados e antenados nas novidades do mundo corporativo. Qualidades facilmente encontradas em um estagiário. Por isso, acreditamos no aumento do número de chances para estudantes, pois eles já são vistos como investimento pela maioria dos contratantes. Afinal, estão em formação, ligados nas novas tecnologias, cheios de energia e ideias, sempre procurando conhecimento”, finaliza Santos.

Para quem busca aprimorar seus conhecimentos, o site do Nube oferece diversos cursos, desde a administração do tempo à como se portar em uma entrevista. Todos de graça e com certificado (clique aqui).

Leia também:

Com a pandemia, 30% das instituições de ensino podem fechar as portas até o fim do ano

Diretor da OCDE, Andreas Schleicher: a visão dos jovens sobre o futuro profissional

Artigos relacionados

<

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN