Novo Sindata: informação de dados para impulsionar ensino superior privado

Sistema fornece informações sobre números do setor com grande detalhamento, por meio de tabelas e gráficos dinâmicos, com filtros que permitem a obtenção de dados por diversas categorias

SHARE
,
novo sindata
“Novo Sindata deve ser um divisor de águas”, diz Kelly Morelli, do setor de estatística do Semesp. (Foto: reprodução / YouTube)

Após oito meses fora do ar, o novo Sindata – Sistema de Informações do Ensino Superior Particular, volta com informações completas do setor por modalidade (EAD ou presencial), perfil e categoria de alunos e docentes, além de permitir consultas por curso, ano, estado e região entre outros. Além disso, também disponibiliza pesquisas elaboradas pelos setores de economia e estatística do Instituto Semesp.

Viabilizado pela Eng, empresa que desenvolveu a tecnologia do sistema, o novo Sindata reúne dados a partir de um compilado de fontes como o Censo, IBGE e outros, e se apresenta como o maior banco de dados sobre ensino superior do país.

Leia: Como IES podem utilizar dados para aprimorar estratégia de gestão e docência

Kellen Morelli, responsável pelo setor de estatística do Semesp, fala que o relançamento do Sindata foi um importante desafio. A ideia já havia sido concebida há algum tempo, mas 2020 trouxe a necessidade de se ter acesso rápido e prático às informações, forçando sua concepção final. A especialista diz que sempre acreditou que o Sindata possa vir a se tornar referência na busca de dados e informações sobre educação. Morelli explica que, apesar de existirem dados de instituições e órgãos como IBGE, Inep e OCDE para extração de outras informações que possam contribuir com estratégias, estudos e tomadas de decisão no setor, nem sempre é fácil acessá-las, sendo necessário conhecimento em ferramentas específicas para isso.

“Com o trabalho de toda a equipe do Semesp, o novo Sindata deve ser um divisor de águas. Atualmente ele conta apenas com dados do ensino superior, mas com o decorrer do tempo, deve se tornar ainda mais robusto com a adição de muitas outras informações relacionadas à educação dos mais diferentes níveis.”, conta.

Riqueza nos detalhes beneficia estratégias

Novo Sindata
Foto: reprodução / YouTube

Como diferencial, Morelli destaca o alcance de detalhamento do sistema, o que proporciona um atendimento individual das necessidades das IES. “É como dirigir um carro até um local desconhecido com o auxílio de um bom GPS. O uso adequado dos dados permite a geração de insights importantes e indispensáveis para ajudar as IES no planejamento, na redução de riscos, tomadas de decisões estratégicas ou até mesmo na melhoria da vantagem competitiva. Por exemplo, uma instituição pode ter acesso aos dados regionais para entender como está o mercado em que atua, como está seu posicionamento ou até mesmo elaborar um estudo para conhecer um novo espaço”, conclui.

Vale ressaltar que o Sindata está disponível somente para os associados do Semesp. Todos os associados são beneficiados com o acesso gratuito e ilimitado do sistema, sem ter o custo extra com ferramentas ou consultorias especializadas para fazer qualquer levantamento.

Leia também:

O salto do ensino a distância e seu impacto nas IES de pequeno porte

Universidade Corporativa Semesp alcança IES de todo o Brasil com cursos online síncronos

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN