RFM Editores


Sem dívida

Com estrutura consolidada, programa Bem Gasto leva aulas de educação financeira para estudantes da modalidade EJA por Juliana Duarte Criado


Com estrutura consolidada, programa Bem Gasto leva aulas de educação financeira para estudantes da modalidade EJA

por Juliana Duarte

191_58

Criado em 2013, o programa Bem Gasto prevê aulas de educação finan­ceira para alunos inscritos na mo­dalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). O objetivo é ofere­cer uma base sólida para que as pessoas consigam administrar melhor a renda e gastar o dinheiro de maneira consciente.

Sem fins lucrativos, a iniciativa foi idealizada por Luiz Felipe Felix Curado, estudante do curso de Economia do Insper, em São Paulo, que contou com o apoio de outros dois colegas: Dafne Coelho e Thomas Florez Mainzer. A equipe é organizada atualmente em diferentes núcleos, como recursos humanos, diretoria pedagógica, marketing e departamento administrativo. Já os professores do Insper atuam ativamente como consultores no projeto, avaliando e propondo sugestões para o material didático e para as ações realizadas.

A partir dessa estrutura, o grupo firmou parceria com três instituições da capital paulista (Projeto Arrastão, Colégio Visconde de Porto Seguro e Colégio Lourenço Castanho) para disseminar o conteúdo nas classes de EJA. “Estamos abertos a escolas e ONGs que desejam participar da iniciativa. Basta nos procurar”, alerta Mainzer, diretor de recursos humanos do projeto.

O curso é dividido em três módulos: Orçamento Familiar, Lidando com Dinheiro e Negociação, e tem um formato adaptável – é moldado a partir de um questionário entregue à instituição em questão. “Essa etapa é muito importante, pois a escola nos dirá quem são os nossos alunos, o que ajuda muito na organização do material”, afirma Mainzer.

“O envolvimento é muito grande, o que não acontece apenas na sala de aula. Eles compartilham o conhecimento com amigos e família, o que torna o projeto ainda maior”, diz Mainzer. Além dos encontros presenciais, o grupo mantém uma página no Facebook (www.facebook.com/projetobemgasto) com dicas de organização financeira.

Segundo Mainzer, a ideia é expandir o projeto para todo o Brasil, por isso a iniciativa está de portas abertas para quem deseja participar. Atualmente, alunos de outras instituições já fazem parte do programa – e a intenção é ampliar o time. “Acabamos de abrir um processo seletivo para a contratação de 15 pessoas. Planejamos fazer esse procedimento a cada seis meses. Queremos melhorar progressivamente a educação financeira no país”, afirma.

Raio X
Programa Bem GastoCriação do projeto: 2013
Alunos participantes: 7 (quatro do Insper e três de outras instituições)
Estrutura do curso: 3 módulos
Alunos EJA atendidos até agora: 140
Para contatar o programa Bem Gasto: projetobemgasto@outlook.com.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + 3 =