NOTÍCIA

Inovação

CEUB lança Schooltilha, novo espaço de experiências de aprendizagem

Cursos de curta e média duração complementam a formação convencional

Publicado em 01/09/2022

por Redação

Schooltilha Oferta não é limitada aos estudantes do CEUB

O Centro Universitário de Brasília (CEUB) lançou, no dia 10 de agosto, a ‘Schooltilha’, espaço que se propõe a oferecer experiências de aprendizagem por meio de cursos que abrangem assuntos fora do convencional e que são inspirados por questões relevantes para o mercado de trabalho da atualidade. A proposta engloba temáticas desde a interpretação de tendências e sinais de futuro a como se inspirar na natureza para criar soluções para os problemas do cotidiano. A oferta não é limitada aos estudantes do CEUB.

Leia: Ensino empreendedor e o papel do professor

Com a assinatura ‘Descubra o Mundo lá Fora’, a iniciativa nasce para conectar alunos e profissionais que são referências em suas áreas de atuação, por meio de uma série de cursos que visam mostrar como um conteúdo, às vezes não tão óbvio, é, de fato, aplicável na prática.

A programação considera uma imersão em conteúdos relevantes para a jornada do futuro profissional ou de quem pretende renovar seu conhecimento. Os temas exploram discussões contemporâneas e atuais, distribuídas nos seguintes pilares: Business, Essentials (soft skills), Technology, e Art.

Com turmas presenciais e formadas por até 20 pessoas, a Schooltilha oferecerá cursos com cargas horárias de 4h a 12h, inicialmente. As experiências são híbridas e funcionam da seguinte forma: toda a jornada de compra e contato até o dia da aula é virtual, mas a experiência de aprendizagem acontece 100% presencial.

Schooltilha
Oferta não é limitada aos estudantes do CEUB (Foto: divulgação/CEUB)

Como se inscrever

No site da Schooltilha (acesse), os interessados podem conferir a grade de cursos e garantir sua vaga. Entre os cursos, neste primeiro momento, estão disponíveis: Marketing Digital; Growth Hacking; Futurismo e Visioning; Biomimicry Thinking; Oratória; Design Thinking; Criatividade; Design de Serviços; e Estratégia Digital.

Leia: Em busca da qualificação

Competências do Futuro

A Schooltilha dialoga com as tendências do mercado de trabalho. No relatório intitulado ‘Future of Jobs’, o World Economic Forum (WEF) projeta como habilidades essenciais para 2025: pensamento analítico e inovação; aprendizagem ativa e aprendizagem estratégica; monitoramento, controle e uso de tecnologias, dentre outras.

De acordo com o estudo, criatividade, persuasão e negociação continuarão sendo valorizadas, assim como autogestão, resiliência, flexibilidade e resolução de problemas complexos.

As novas demandas do mercado levaram à evolução do perfil do profissional mais requisitado, que foi se configurando para o perfil T-shaped – com competências que o tornam capaz de resolver problemas de forma eficiente e criativa.

Atualmente, as empresas optam por contratar um profissional generalista, que possui uma velocidade e capacidade de aprendizado mais acelerada do que a do especialista, que tende a ficar limitado conceitualmente e perder o timing de uma mudança. 

Leia também: Por que as IES falam tanto sobre inovação – e deveriam falar ainda mais

Autor

Redação


Leia Inovação

Tecnologia para aproximar universidade e mercado

Tecnologia para aproximar universidade e mercado

+ Mais Informações
Inovação

Por que as IES falam tanto sobre inovação – e deveriam falar ainda mais

+ Mais Informações
Universidade inovadora

Os pilares de uma universidade inovadora

+ Mais Informações
Mercado

O guia definitivo de verdades inconvenientes

+ Mais Informações

Mapa do Site