my site my site my site

Para ter sucesso, os alunos precisam encontrar um propósito de vida, defende reitor mexicano

Com 60 mil alunos, Tecmilenio se tornou a primeira instituição do mundo a adotar a Psicologia Positiva. Seu reitor esteve no Brasil para explicar as bases teóricas de sua abordagem pedagógica

SHARE
, / 3

Liderança, comunicação, responsabilidade, autonomia e criatividade são competências sempre lembradas quando se discute o perfil do profissional do século 21. Quase todas as instituições de ensino superior acreditam que seus alunos precisam desenvolver estas habilidades para serem bem-sucedidas no mundo do trabalho. Mas há exceções, e uma delas é a Universidad Tecmilenio, localizada no México.

Assista: O impacto das tecnologias no curso de Direito

Na opinião do reitor Héctor Escamilla, o mais importante é que os alunos alcancem um estado de bem-estar e encontrem um propósito de vida.  “Pessoas que amam o que fazem terão muito mais engajamento no seu dia a dia. Por isso, o mais importante é preparar o aluno para que ele identifique o que mais ama”, destacou o educador durante o seminário O futuro do ensino superior, realizado pelo Semesp.

Além de ser a primeira universidade do mundo a aplicar em seu currículo pedagógico a Psicologia Positiva, a Tecmilenio também se destaca por ter um currículo flexível e personalizado, em que o estudante pode escolher 40% das matérias de seu curso.Criada em 2002, a instituição conta hoje com 60 mil universitários.

ensino superior alunos
Héctor Escamilla durante seminário (foto: divulgação Semesp)

Compreensão para a solução

Outro destaque do seminário foi a palestra do finlandês especialista em futurologia, Markku Welenius. Diretor do Centro de Pesquisa de Futuros da Finlândia e professor-chefe da UNESCO na mesma área, Welenius contou que os estudos de futurologia são úteis para ajudar os alunos a compreenderem o mundo que vivem e o que está por vir. Ou sejam, são estudos que os preparam para o mercado e para os problemas sociais.

Leia: “O aprendizado é um processo ativo”

“Temos que ser críticos ao nosso sistema e compreender para onde iremos com tudo o que geramos”, afirmou o especialista. “Temos que entender os fatores que estimulam as mudanças no meio da história”, completou.

Welenius também alertou para o aquecimento global e a importância em repensar a forma como o sistema está sendo conduzido para se viver de forma saudável e equilibrada.

O seminário O futuro do ensino superior contou com o apoio do FIAP (que sediou o evento) e do Centro de Ensino e Pesquisa em Inovação da FGV Direito.

Leia também:

Bem-estar gera produtividade

Professor traz especialistas do campo para compartilhar suas experiências com os alunos

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN