Declínio de matrículas nos EUA leva instituições de ensino a inovar

Entenda as estratégias que estão sendo criadas para sobreviver

SHARE
, / 1

No último ano acadêmico, as matrículas no ensino superior americano caíram 1,7%. As mais prejudicadas foram as instituições com fins lucrativos, que tiveram uma queda de 19,7%. Para lidar com a crise, estão surgindo as mais variadas estratégias, como mostrou uma reportagem do The New York Times.

Leia: Stanford aposta em formação de circuito aberto

A fusão de instituições é uma das tendências mais fortes, aponta uma consultoria ouvida, bem como os investimentos para conter a evasão de alunos – uma ação considerada menos onerosa que a captação.

A oferta de treinamentos corporativos, pagos por empresas, e a criação de programas online feitos sob medida para determinados setores também estão crescendo. Em busca de novas fontes de receitas, vale até alugar os dormitórios estudantis pelo Airbnb (no período de férias) e disponibilizar a equipe de cozinha para atuar em casamentos.

instituições de ensino superior EUA
Foto: Shutterstock

Leia também:

Professor de Harvard defende o fim das avaliações tradicionais

Primeira universidade do mundo baseada na tecnologia blockchain é lançada

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN