Notícias

Ibmec RJ cria espaço colaborativo para acelerar startups

Hubs de Inovação e Empreendedorismo é um ecossistema de inovação que está com inscrições abertas para startups que queiram ser desenvolvidas pela instituição

As startups cariocas podem se inscrever até 16 de abril para fazer parte do Hubs de Inovação e Empreendedorismo do Ibmec RJ, um espaço colaborativo dedicado à inovação. 12 serão aprovadas. O objetivo é desenvolver novos negócios, conectando empreendedores com mentores reconhecidos pelo mercado e grandes empresas que estejam em busca de ideias contemporâneas aplicáveis ao seu negócio.

Segundo dados da Startup Base, da Abstartups, o Brasil tem hoje mais de 13 mil startups e o Rio de Janeiro é a segunda cidade com o maior número, ficando atrás apenas de São Paulo. O empreendedorismo também tem crescido no último ano. A pandemia trouxe um aumento nos números do desemprego no Brasil e com isso um aumento de novos empreendedores. Entre os meses de janeiro e setembro de 2020, o registro de microempreendedores individuais (MEIs) no país cresceu 14,8%, comparado com o mesmo período de 2019, chegando a 10,9 milhões de registros.

Leia: FGV é a primeira faculdade a entrar no Clubhouse

“Com o crescimento do desemprego no país, empreender pode ser um caminho. Porém, os riscos de um negócio em meio a uma pandemia precisam ser bem mitigados e conhecidos, garantindo a sustentabilidade do negócio. Ter um ambiente de conexão, de forma gratuita, com mentores reconhecidos pelo mercado e com a chancela do Ibmec é uma oportunidade única de acelerar o desenvolvimento das empresas classificadas para o projeto”, diz Luiz Barbieri, coordenador do Hubs.

startup acelerar
Foto: Freepik

Potencializar

O Hubs do Ibmec RJ terá sede nos dois campi da instituição, na Barra da Tijuca e no Centro, e funcionará como uma incubadora e aceleradora para as startups selecionadas. As inscrições para participar estão disponíveis aos alunos e ex-alunos do Ibmec RJ e à toda comunidade carioca. Após a inscrição, os candidatos serão avaliados pelo Comitê Gestor e, no dia 23 de abril, serão divulgadas as 12 startups aprovadas.

“Essa é uma oportunidade para o empreendedor carioca desenvolver o seu negócio dentro de uma das principais escolas de negócios do país, em um ambiente dinâmico e inovador. A interação com alunos e professores do Ibmec, além das mentorias com especialistas do mercado, proporcionam uma rede de relacionamento único e que constituem um importante ativo para o empreendedor”, enfatiza Paula Esteban, coordenadora do Centro de Empreendedorismo e Inovação do Ibmec RJ.  

Leia: O que falta no processo de transformação tecnológica do ensino superior?

O programa

As startups podem ter até seis participantes e contarão com mentorias de especialistas convidados de diversas áreas, os Embaixa-Hubs. Os negócios selecionados terão um encontro semanal, presencial ou remoto, com o expert. A duração do programa é de até 12 meses, divididos em dois ciclos de seis meses para a produção e evolução do modelo de negócio, com auxílio de mentores e especialistas de diversas áreas.

Para participar, as empresas devem se candidatar de acordo com um dos níveis – nível early stage – onde a startup deverá ter pesquisa de mercado elaborada com evidências de oportunidades de negócio e um plano financeiro com viabilidade técnica; ou – nível growth – a startup deverá ter um MVP validado, CNPJ e ter um cliente em potencial/contrato e/ou perspectiva de clientes.

O projeto do Hubs do Ibmec foi iniciado em São Paulo em 2019 e hoje possui 13 startups residentes na unidade paulista.

Detalhes

Inscrição: até 16 de abril

Link: https://blog.ibmec.br/destaques/ibmec-hubs-rio/

Selecionados: 23 de abril

Leia também:

Ibmec chama o mercado para cocriação

A diversidade em sala de aula faz diferença na formação dos alunos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.