Educação

Colunista

Thuinie Daros

Diretora de planejamento acadêmico na Vitru Educação

Learnability: o superpoder de aprender

Habilidade não se restringe apenas à memorização de informações, mas também envolve a capacidade de aplicar o conhecimento adquirido a novas situações e resolver problemas complexos

Learnability "Learnability" se refere à habilidade de uma pessoa aprender constantemente (foto: Pexels)

Se você está imerso no ambiente acadêmico, é provável que já tenha se deparado com o termo “Learnability” ou “Aprendibilidade”. Mas o que exatamente isso significa? De onde vem essa ideia e, mais importante, como podemos desenvolver esta competência em nós mesmos e em nossos estudantes?

Em sua essência, a expressão “Learnability” ou “Aprendibilidade” se refere à habilidade de uma pessoa aprender constantemente, abrindo-se para novas habilidades e conhecimentos ao longo do tempo. Em um mundo em constante transformação, em que  novas tecnologias, informações e paradigmas surgem a cada instante, a aprendibilidade se torna uma competência essencial para o sucesso tanto na vida profissional quanto pessoal.

Esta expressão tem sido usada de modo cada vez mais recorrentemente e embora pareça um termo novo, foi cunhado pelo psicólogo alemão Klaus Holzkamp em seu livro Aprendizagem: Fundamentos da Ciência do Sujeito, publicado pela primeira vez em 1974.

A aprendibilidade, conforme definida por Holzkamp, é uma habilidade que não se restringe apenas à memorização de informações, mas também envolve a capacidade de aplicar o conhecimento adquirido a novas situações e resolver problemas complexos.

 

Leia: Expectativas e tendências do papel do professor diante da evolução da IA

 

Em outras palavras, engloba o aprendizado significativo e a capacidade de mobilizar e aplicar esse aprendizado para contextos diversos. Holzkamp define a aprendibilidade como a capacidade de “reestruturar o próprio conhecimento e experiência de forma a assimilar novos conteúdos” (Holzkamp, 1974, p. 18). 

Não é a primeira vez que afirmo: acredito que o maior talento do ser humano  é a capacidade de aprender. Basta pensar no fato de que tudo o que conhecemos do mundo não nos foi herdado pelos  genes – tivemos que aprender, a partir do ambiente que nos cerca.  

Com a crescente complexidade do mundo atual, a aprendibilidade ganha uma relevância ainda maior. O aprendizado não se limita mais ao período formal da escolaridade, tornou-se uma jornada contínua ao longo da vida.  A capacidade de aprender é um superpoder. É o que nos permite crescer, nos adaptar, influenciar e nos tornar mais bem-sucedidos e felizes.

Como desenvolver a capacidade do learnability e estimular os estudantes a se tornarem um lifelong learner

 

Leia: Graduação inédita leva criatividade para diversas áreas

 

Antes de responder, vale um esclarecimento: os lifelong learners são pessoas conscientes que precisam estar dispostas a aprender coisas novas. Eles não se limitam ao período formal da escolaridade, mas sim procuram aprender ao longo de toda a vida.  Já as pessoas que praticam o learnability possuem a capacidade de aprender coisas novas rapidamente e facilmente por meio de técnicas e estratégias. Mais do que se colocar em aprendizagem contínua, são capazes de assimilar novos conhecimentos e habilidades de forma eficiente pois reconhecem e usam a capacidade de aprender como um superpoder. 

Desenvolver a competência da aprendibilidade está justamente focada no fato de reconhecer a capacidade de aprender como um superpoder. Enquanto gestores e professores, temos a responsabilidade de não apenas transmitir conhecimentos, mas também de inspirar nossos estudantes a abraçar a busca por novas habilidades e aprendizados ao longo de suas trajetórias.

Existem muitos benefícios diferentes para mostrar como a capacidade de aprender é um superpoder para os estudantes: Vamos a eles:

 

1) A capacidade de aprender nos permite crescer como pessoas

 

Conforme aprendemos coisas novas, nos expandimos como pessoas e nos tornamos mais capazes. Podemos aprender coisas novas sobre o mundo, sobre nós mesmos e sobre nossas habilidades. Essa capacidade de crescimento é essencial para uma vida feliz e plena.

 

2) A capacidade de aprender permite  nos adaptarmos às mudanças e influenciá-las 

 

O mundo está em constante mudança e, para ter sucesso, precisamos ser capazes de nos adaptar a essas mudanças. A capacidade de aprender nos permite fazer isso. Conforme aprendemos coisas novas, podemos nos adaptar e, mais do que isso, influenciar novas situações e dilemas, para  imaginar e construir futuros desejáveis

 

3) A capacidade de aprender nos permite nos tornar mais prósperos, bem-sucedidos e felizes.

 

No mundo de hoje, o conhecimento é poder. Quanto mais aprendemos, mais bem-sucedidos podemos ser em nossas carreiras, em nossos relacionamentos e em nossas vidas pessoais. A capacidade de aprender é um superpoder que nos permite alcançar  objetivos e viver uma vida plena e gratificante.

Se você quiser desenvolver a capacidade de aprender com seus estudantes em sua IES, há muitas  formas de se fazer.

 

Seguem algumas indicações:

 

  • O ambiente de aprendizagem: o ambiente de aprendizagem também pode afetar a aprendibilidade. Ambientes que são estimulantes e desafiadores, mas também oferecem suporte e orientação, são mais propensos a promover o aprendizado significativo.
  • Cultive a curiosidade: Estimule a curiosidade em si mesmo e em seus alunos. Incentive perguntas, a busca por respostas e a exploração de novos temas.
  • Adote a mentalidade de crescimento: Acredite que o aprendizado é um processo contínuo e que sempre há espaço para melhorias. Mostre para os estudantes que os desafios são oportunidades de crescimento.
  • Esteja aberto a novas ideias: Explore diferentes perspectivas e esteja disposto a considerar em suas atividades os pontos de vista diversos. Aprender com a diversidade de pensamentos enriquece nosso próprio conhecimento e consequentemente dos estudantes.
  • Fomente a aprendizagem autônoma: Incentive seus alunos a assumirem o controle de seu próprio aprendizado, tornando-os mais autônomos e autoconfiantes em sua busca por conhecimento.
  • Estimule o aprendizado colaborativo: Aprender com os outros é uma experiência valiosa. Promova o trabalho em equipe e a troca de conhecimentos entre os estudantes.
  • Utilize a tecnologia a seu favor: Aproveite as ferramentas digitais disponíveis para expandir os horizontes de aprendizado, seja por meio de cursos online, plataformas educacionais ou recursos interativos.
  • Seja resiliente: O aprendizado nem sempre é fácil, e é comum enfrentarmos desafios ao longo do caminho. Cultive a resiliência para superar obstáculos e continuar avançando.
  • Ensine estratégias e técnicas de estudo: Ensine como o cérebro funciona e como tirar proveito da neuroplasticidade por meio de estratégias e técnicas de estudo. Isso os ajudará a aprender mais rápido e eficientemente.

 

Como profissionais da educação, temos a oportunidade de não apenas transmitir conhecimento, mas também de cultivar a aprendibilidade nos  alunos e em nós mesmos. Ao abraçar essa capacidade de aprender de forma contínua, prepararemos as gerações futuras para enfrentar os desafios e abraçar as oportunidades que o mundo em constante evolução apresenta.

Sejamos promotores da aprendibilidade em nossas vidas e nas vidas daqueles que ensinamos.

 

Referências

Holzkamp, Klaus. “Lernen. Subjektwissenschaftliche Grundlegung.” Frankfurt am Main: Campus, 1995.

 

Por: Thuinie Daros | 01/08/2023


Leia mais

Habilidades e saberes

Habilidades e saberes têm prazo de validade

+ Mais Informações
Estabilidade emocional

Cultivar a estabilidade emocional nos espaços educativos

+ Mais Informações
Soft skills

Como abordar as soft skills com os estudantes 

+ Mais Informações
Liderança transformacional

Como ser uma liderança eficaz na educação

+ Mais Informações

Mapa do Site