Raciocínio lógico e capacidade de interpretação passam a integrar processo seletivo

Avaliação tradicional deixa de fazer parte de processo seletivo da Unicesumar

SHARE
, / 1

A Unicesumar adotou um novo processo seletivo. Em vez de avaliar o conhecimento em áreas específicas, a instituição de 190 mil alunos (sendo 170 mil na modalidade a distância) passou a medir exclusivamente duas competências: o raciocínio lógico e a capacidade de interpretação.

Leia: EAD tem oferta superior à demanda

A novidade foi implantada em quase todos os cursos (a exceção são os da área da saúde). Além de selecionar propriamente os candidatos, a nova prova fornece um diagnóstico de competências e eventuais lacunas. E para ajudar os alunos a superá-las, a instituição desenvolveu cursos de proficiência. A medida integra um conjunto de ações realizadas ao longo de todo o curso com o objetivo de garantir o sucesso do aluno, explica Janes Fidélis Tomelin, pró-reitor de Ensino EAD.

raciocínio lógico no processo seletivo
Foto: reprodução internet

Leia também:

Curso de ensino superior dialoga com a educação básica

Apenas 33% dos universitários se formam no tempo esperado

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN