Aplicativo gratuito para autodesenvolvimento docente

Apoiar os profissionais da educação no desenvolvimento de competências digitais é um dos objetivos do EducaBox

SHARE
,

O aplicativo EducaBox usa microlearning para desenvolver competências digitais em professores e educadores sociais e corporativos. Como desde março essa passou a ser uma exigência para a manutenção das aulas on-line e muitos educadores vêm sofrendo com a falta de apoio e suporte para conseguir desempenhar suas funções de forma eficiente e satisfatória, esse aplicativo,  que foi desenvolvido pela pedagoga, psicóloga e mestre em educação Karina Nones Tomelin, pode ajudar.

Leia: Valorização do professor melhora os países

aplicativo educadores
Foto: Unsplash

Com acesso gratuito (clique aqui), os educadores recebem conteúdos diários, em forma de drops, sempre com a seguinte trilha: problema, contexto, orientação, inspiração e vá além. No problema, o aplicativo coloca uma pergunta sobre uma situação real vivenciada pelos educadores no cotidiano do processo de ensino-aprendizagem.

O contexto apresenta uma breve descrição do tema. A orientação oferece sugestões de ação, reflexão e atuação diante do problema. A inspiração apresenta um pensamento relacionado ao contexto e que pode ser compartilhada diretamente do aplicativo para as redes sociais do educador. Por fim, o vá além oferece sugestão de material complementar para consulta e aprofundamento do tema.

Ferramentas e estratégias docentes

“O professor é o profissional que forma todas as outras profissões. Seu papel é fundamental para dar o seu melhor. Ele também precisa receber o melhor, desenvolver-se técnica e emocionalmente e aprender para ensinar todos os dias.”

Karina Tomelin diz que o aplicativo gratuito para professores foi pensado no autodesenvolvimento desses profissionais na hora certa, para organizar e sistematizar conteúdos relevantes para o aperfeiçoamento das principais competências, de modo a promover, gratuitamente, micromomentos de formação.

Leia: Desemprego entre os jovens bate recorde histórico

“No formato microlearning, o aplicativo ajudará educadores a se conectarem com ideias, teorias, conceitos e referências de forma rápida e fácil”, acrescenta.

Diretora de inovação e qualidade na B42, Karina Tomelin é professora desde os seus 19 anos e já deu aulas para o ensino infantil, fundamental, médio, superior e pós-graduação. Tomelin aponta a utilidade do Educabox para diferentes educadores. “Os professores da educação básica nem sempre têm a oportunidade de se atualizar constantemente sobre novas teorias e recursos educacionais para a promoção da aprendizagem.”

Leia também:

Professora brasileira concorre ao ‘Nobel da Educação’

Professoras criam startup para inserir profissionais da educação no mercado de trabalho

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN