App que incentiva aprendizagem entre alunos vence HackLab Fnesp

Aplicativo foi desenvolvido por estudantes e como prêmio a equipe recebeu R$10 mil

SHARE
, / 0

A maratona de jovens universitários empreendedores, HackLab Fnesp, entrou na sua 3º edição. Durante três dias, 27 a 29, 32 estudantes de diversos cantos do Brasil selecionados para a maratona mergulharam em desafios reais das instituições de ensino superior para desenvolverem soluções inovadoras. Por conta da pandemia, esta edição foi totalmente online.

Oito grupos foram formados e a apresentação dos projetos encerraram o 22º Fnesp, o maior fórum de ensino superior da América .

Leia: O valor da educação para a geração Z

estudantes hacklab fnesp
Ana Julia Gonçalves apresentou o projeto da equipe vencedora, Quarteto Fantástico

Com 26% dos votos, o grupo vencedor foi o Quarteto Fantástico e levou R$10 mil, premiação oferecida pela edtech Amigo Edu. A votação aconteceu na plataforma virtual do Fnesp e cujos participantes do evento, mantenedores, gestores e educadores, votaram simultaneamente.

O Quarteto Fantástico é composto pelas estudantes Ana Julia Gonçalves Pádua, Marie Hellem da Silva Alves, Maria Izabel Araújo e Pâmella Fayne de Carvalho Mota.

As vencedoras criaram o aplicativo Perguntai, que conecta estudantes com dúvidas escolares com alunos que podem respondê-las e, assim, estimular que alunos aprendam ensinando. Com apoio da inteligência artificial, as instituições de ensino recebem dados dos alunos e até relatórios de mensuração. Já os estudantes podem tirar dúvidas não só com colegas da mesma instituição, mas de outras. Aumentando o networking.

Vale lembrar que durante esses três dias os estudantes criaram um protótipo, mas o produto em si não foi desenvolvido.

Leia: Valor do diploma será o próximo questionamento

Mentoria e treinamentos

Para a escolha do tema e elaboração do projeto, os alunos receberam durante toda a maratona o apoio de especialistas em design, marketing, bussiness e gestão, maker e em tecnologia da informação. O objetivo foi esses mentores compartilharem novas informações e ajudarem os jovens a enxergarem diferentes perspectivas.

hacklab
Os 32 participantes participaram da maratona de forma online e encerraram o Fnesp 2020 (foto: Guilherme Veloso/Semesp)

Além disso, os participantes receberam treinamentos para se capacitarem, uma vez que a proposta de um HackLab é o aprimoramento comunitário bem como a mão na massa. Os treinamentos foram nas seguintes áreas: validação de problemas (design thinking), produtos educacionais (com foco no novo normal e futuro do ensino), modelagem de negócios, validações de problema/ideia/modelo, prototipagem, validação de solução e pitch.

As inscrições para participar do HackLab são gratuitas e a maratona acontece sempre durante o Fnesp.

Leia também:

Jovens periféricos narram as dores e alegrias de se tornarem universitários

O sonho de ser médico: os desafios de quem quer iniciar um curso de medicina em meio à pandemia

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN