Muitos residentes de Medicina para poucos hospitais na Espanha

Hospitais espanhóis estão saturados de profissionais, residentes e estudantes

SHARE
, / 0

As faculdades de Medicina da Espanha estão enfrentando dificuldades para prover a seus alunos a realização de atividades práticas em hospitais e ambulatórios.

O motivo é a saturação de profissionais nos estabelecimentos: além dos 221 mil médicos ativos, os centros médicos do país recebem por ano 30 mil estudantes de Medicina e 21 mil residentes. Em Valência, o governo tentou restringir o uso da rede pública de saúde aos alunos das escolas públicas.

A decisão, contudo, foi revogada pelo Tribunal Superior de Justiça local. A situação também chegou a esse ponto na Espanha por causa do aumento das atividades práticas nas faculdades de Medicina, apontam os especialistas.

faculdades de medicina hospitais

Foto: Shutterstock

Leia também:

No Japão, mulheres são barradas de ingressar no ensino superior

MEC apresenta proposta para mudar a formação dos professores

Artigos relacionados

Comentários

comentários

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN