my site my site my site

Para reduzir a evasão no ensino superior, startup aposta em orientação de carreira

A edtech Kuau oferece uma plataforma gratuita para os alunos do ensino médio se informarem sobre os cursos que estão interessados e o mercado de trabalho. Quem dá as informações são as instituições de ensino superior

SHARE
, / 0

O cenário é o 3º ano do ensino médio. Aulas conteudistas, provas com foco no vestibular e muita angústia entre os alunos em relação à grande decisão que precisam tomar: a da profissão. Esse momento é tão difícil que metade dos alunos se sentem inseguros sobre a escolha do curso quando chegam para fazer o Enem, pontua Gilber Machado, cofundador e CEO da startup Kuau.

Leia: Conheça a startup que consegue captar o sentimento dos alunos utilizando inteligência artificial

Tendo trabalhado nas áreas de captação e retenção de alunos em instituições de ensino superior, Machado notou que muitos ingressantes também chegam sem conhecer o curso e a realidade profissional da carreira que vão seguir. O resultado disso são altas taxas de desistência. Dados do Inep apontam que em 2010, 11% dos ingressantes abandonaram um curso de graduação. Já em 2014, o número chegou a 49%.

A plataforma do Kuau nasceu para atuar nesse contexto. Por meio de vídeos, os estudantes pesquisam sobre as profissões e as possibilidades de carreira e cursos associados a ela. Quem explica tudo são as instituições de ensino superior, que reúnem especialistas da área, graduandos e professores para orientar os jovens.

Ensino médio e superior unidos

“A gente descontruiu a ideia de teste vocacional, que não ajuda o aluno a entender com profundidade como será o caminho dele a partir da entrada na faculdade, como serão as matérias, as dificuldades, quais as histórias de quem fez o curso, como é o mercado. Isso o teste vocacional não mostra”, afirma Machado.

Além de obter essas informações, o aluno pode entrar em contato com as instituições de ensino superior e até agendar visitas e atividades, tudo pelo aplicativo.

Além de uma orientação de carreira

Os professores das escolas ainda recebem gratuitamente uma formação sobre como orientar seus alunos na escolha da profissão, uma vez que a startup busca criar na escola uma cultura pedagógica de orientação profissional.

Para o cofundador da Kuau, a sustentabilidade do ensino superior está nas escolas. “Existe uma evasão de mais de 50% dos alunos no ensino médio, principalmente da rede pública. E eles representam 70% dos ingressantes do ensino superior no Brasil. O mercado do ensino superior precisa entender que é necessário reduzir a evasão do ensino médio para mais estudantes terminem essa etapa e tenham condições de ingressarem no ensino superior”, diz. “De forma estruturada, o caminho para o ensino superior é resolver o problema da orientação profissional e projeto de vida na escola, que é o que oferecemos com a nossa plataforma”, acrescenta.

educação startup Kuau
Gilber Machado, CEO do plataforma voltada à orientação de carreira (foto: divulgação)

APP gratuito para as escolas

O serviço de orientação de carreira do Kuau está no mercado desde 2017 e presente em oito estados. Mais de 200 mil alunos só do 3º ano do ensino médio estão utilizando a plataforma, que é gratuita para as escolas, tanto particular quanto pública.

O apoio financeiro da startup vem do ensino superior, que compra o serviço para estar presente no aplicativo. “Oferecemos nossa tecnologia, geralmente para faculdades que já têm relação com escolas e querem estreitar relacionamento. É uma forma de gerar relacionamento, com orientação profissional e exclusividade”, explica o CEO

São mais de 20 instituições de ensino parceiras, como Estácio, Pitágoras e Centro Universitário UniEvangélica.

Com o Novo Ensino Médio, que deve ser implantado em todas as escolas do país até 2021, as portas para a edtech se abrem ainda mais, acredita Machado, pois estão previstas ações que ajudem os estudantes a encontrarem seus projetos de vida.

Leia também:

Falta maturidade tecnológica nas instituições de educação

Como as metodologias ágeis podem transformar o ensino superior?

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN