NOTÍCIA

Redação

IA generativa por décadas

Tecnologia parece não ter limite, e as mudanças são tão velozes que é difícil conceber o futuro tecnológico

Publicado em 21/03/2024

por Sandra Seabra Moreira

IA Diana dos Santos Abreu, superintendente de Tecnologias Educacionais & Inovação da FGV: “Usar IA só para dizer que está usando não agrega, mas sim quando tem uma finalidade"

Após o susto com o ChatGPT na virada de 2022 para 2023, este é o ano da inteligência artificial nas IES. Este e muitos pela frente. Experimentação de ferramentas para gestão administrativa e para o processo da jornada acadêmica do estudante, de ponta a ponta, são bem-vindas para avaliar a adesão, de acordo com Diana dos Santos Abreu, superintendente de Tecnologias Educacionais & Inovação da Fundação Getulio Vargas (FGV), no webinar Reimaginando a educação superior através da Inteligência Artificial, evento ocorrido nesta semana que tateou as maneiras como a IA vai transformar o ensino superior nos próximos anos.

“Usar IA só para dizer que está usando não agrega, mas sim quando tem uma finalidade, uma intencionalidade muito bem clara e definida pela instituição, pelo corpo docente, aí conseguimos ver resultados de fato”, detalha. 

No debate, também estiveram presentes Jeferson Freitas, membro da AI-LaBs – Laboratório de Negócios Inteligência Artificial, e Peterson Theodorovicz, diretor da D2L Brasil.

 

Leia também: A aceleração da IA e a ética individual

 

Para Freitas, um aspecto importante da IA é a facilitação da pesquisa acadêmica para a busca de artigos, teses e dissertações. “Os próprios professores podem usar para fazer um trabalho bem mais elaborado”, afirma, e traz como exemplo a ferramenta ResearchRabbit, super prática, que dá velocidade à pesquisa. A partir de um tema, essa ferramenta elenca os artigos mais citados, as universidades que o estudam e os autores que se ocupam dele. “Hoje, por exemplo, sabemos que a China passou os EUA em número de artigos sobre a IA.”

A tecnologia parece não ter limite, e as mudanças são tão velozes que é difícil conceber o futuro tecnológico. Entretanto, Diana afirma que por muito tempo a IA generativa será o foco, porque ela não é só a possibilidade da escrita de textos e criação de imagens. A possibilidade de gerar conteúdos a partir de um base de banco de dados carregado previamente é uma característica que  traz um universo de coisas que podem ser criadas e construídas.

 

Na agenda

Gestores, professores e especialistas discutem no sábado, 27 de março, das 9:30 ás 11:00, como adaptar as IES aos acelerados avanços tecnológicos e às mudanças nas demandas dos estudantes, no webinar Impactos e desafios de uma IES digital, remoto e gratuito, organizado pelo Semesp, MetaredTIC e Instituto da Transformação digital. 

 

Doutorado 100% EAD na Must University

Visionário, enquanto as pessoas estão escolhendo seus avatares para o Metaverso, Antonio Carbonari Netto deseja que apresentações de dissertações e defesas de teses a distância aconteçam com os estudantes presentes à banca – por meio de hologramas. Por enquanto isso não acontece, mas a Must University, sediada nos EUA, criada e gerida por ele, acabou de receber aprovação do Conselho da Flórida para o primeiro programa de doutorado 100% EAD. Serão oito programas, a partir de julho de 2024. 

 

Counselors educacionais

A Facamp lançou a pós-graduação em International counseling coordinator, destinada a profissionais da educação básica e superior – professores, coordenadores pedagógicos e administradores escolares – e para aqueles que buscam especialização na área de counseling educacional. Com acreditação internacional e diploma válido no Brasil, Estados Unidos e Europa, a especialização forma profissionais que atuarão na orientação de estudantes e suas famílias quanto à escolha de cursos e universidades, no Brasil e no exterior.

“Esse profissional atua como guia especializado, trazendo um suporte individual para o estudante, levando em consideração as necessidades e aspirações pessoais e fornecendo informações detalhadas sobre a ampla gama de opções educacionais disponíveis no Brasil e em outros países”, explica Rodrigo Sabbatini, diretor acadêmico da Facamp.

O curso é oferecido em parceria com a Efígie Academy, empresa especialista em educação internacional no Brasil.

 

Celeiro de talentos na matemática

Em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), Instituto Federal do Ceará (IF) e Universidade Regional do Cariri (URCA), o Centro para o Desenvolvimento da Matemática e Ciências da Fundação Getulio Vargas (FGV CDMC) promoverá nesta semana o 5º Encontro Seleção de Talentos FGV CDMC, em Fortaleza. 

Participarão do evento cinquenta alunos – todos com bom desempenho em matemática – do 2º e 3º anos do ensino médio de escolas públicas das redes federal, estadual e municipal, de aproximadamente dez municípios do Ceará.

 

Autor

Sandra Seabra Moreira


Leia Redação

Prêmio Nobel

Ganhadores do Prêmio Nobel encontram estudantes

+ Mais Informações
Feira do livro

VI Feira do Livro da Unesp 

+ Mais Informações
IA

IA generativa por décadas

+ Mais Informações
Exposição

Exposição de fotos discute a importância da amamentação

+ Mais Informações

Mapa do Site