Jovem prodígio desperta o interesse das mais disputadas universidades americanas

Depois de participar de programas de Havard e Yale, carioca Daniel Calarco ganha bolsa para fazer pós-graduação na Universidade Columbia

SHARE
, / 1

Filho de feirantes, Daniel Calarco, de 21 anos, tem uma trajetória inspiradora. Bolsista do curso de Direito da FGV, no Rio de Janeiro, o jovem foi selecionado pelo renomado programa de Direitos Humanos e Negócios da escola de pós-graduação da Universidade Columbia, em Nova York.

“Em Columbia poderei me aprofundar em estratégias e práticas internacionais para promover o desenvolvimento econômico e social através da cooperação entre empresas, governo e sociedade civil”, revela o jovem, que já foi selecionado por outros importantes programas.

O valor da educação para a geração Z

Startup desenvolve sistema para evitar a evasão de alunos

Percepção de mundo

Calarco cresceu na comunidade Vila do Vintém, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e concluiu o ensino médio na escola estadual Pedro II.

Hoje ele e sua família vivem em Bangu, também no Rio, e não esquece que a desigualdade e os problemas sociais desde cedo estiveram presentes em sua vida. “Sempre me questionei sobre essa realidade e esse questionamento transformou os meus sonhos em um ato de rebeldia”, desabafa. “Sempre vi no estudo a principal ferramenta de transformação da minha realidade social”, acrescenta.

jovem prodígio ganha espaço em instituições internacionais

Foto: divulgação

Luta e trajetória

Na escola estadual, o estudante participou do grupo de pesquisas de geografia e conquistou prêmios em feiras da UFRJ e UFMG. Os reconhecimentos lhe renderam participações em iniciativas internacionais lideradas pela ONU e pela Universidade Harvard, tendo também, em 2015, sido selecionado pelo programa YYGS para jovens líderes na Universidade Yale, também estadunidense.

Calarco não quer transformar só a sua vida, mas a de muitas outras pessoas. Em 2015 criou o Observatório Internacional da Juventude, liderado por jovens de comunidade e que tem como objetivo promover e proteger os direitos dos garotos e garotas. A organização é vinculada ao Centro de Justiça e Sociedade da FGV Direito Rio.

Apoio

A bolsa em Nova York cobre as mensalidades, mas o estudante de Direito precisa arcar com as demais despesas. Para isso, ele fez uma campanha na plataforma Vakinha pedindo apoio financeiro.

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN