Jovem prodígio desperta o interesse das mais disputadas universidades americanas

Depois de participar de programas de Havard e Yale, carioca Daniel Calarco ganha bolsa para fazer pós-graduação na Universidade Columbia

SHARE
, / 1

Filho de feirantes, Daniel Calarco, de 21 anos, tem uma trajetória inspiradora. Bolsista do curso de Direito da FGV, no Rio de Janeiro, o jovem foi selecionado pelo renomado programa de Direitos Humanos e Negócios da escola de pós-graduação da Universidade Columbia, em Nova York.

“Em Columbia poderei me aprofundar em estratégias e práticas internacionais para promover o desenvolvimento econômico e social através da cooperação entre empresas, governo e sociedade civil”, revela o jovem, que já foi selecionado por outros importantes programas.

O valor da educação para a geração Z

Startup desenvolve sistema para evitar a evasão de alunos

Percepção de mundo

Calarco cresceu na comunidade Vila do Vintém, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e concluiu o ensino médio na escola estadual Pedro II.

Hoje ele e sua família vivem em Bangu, também no Rio, e não esquece que a desigualdade e os problemas sociais desde cedo estiveram presentes em sua vida. “Sempre me questionei sobre essa realidade e esse questionamento transformou os meus sonhos em um ato de rebeldia”, desabafa. “Sempre vi no estudo a principal ferramenta de transformação da minha realidade social”, acrescenta.

jovem prodígio ganha espaço em instituições internacionais

Foto: divulgação

Luta e trajetória

Na escola estadual, o estudante participou do grupo de pesquisas de geografia e conquistou prêmios em feiras da UFRJ e UFMG. Os reconhecimentos lhe renderam participações em iniciativas internacionais lideradas pela ONU e pela Universidade Harvard, tendo também, em 2015, sido selecionado pelo programa YYGS para jovens líderes na Universidade Yale, também estadunidense.

Calarco não quer transformar só a sua vida, mas a de muitas outras pessoas. Em 2015 criou o Observatório Internacional da Juventude, liderado por jovens de comunidade e que tem como objetivo promover e proteger os direitos dos garotos e garotas. A organização é vinculada ao Centro de Justiça e Sociedade da FGV Direito Rio.

Apoio

A bolsa em Nova York cobre as mensalidades, mas o estudante de Direito precisa arcar com as demais despesas. Para isso, ele fez uma campanha na plataforma Vakinha pedindo apoio financeiro.

Artigos relacionados

Comentários

comentários

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN