Prêmio reconhecerá pesquisa sobre o patrimônio arqueológico brasileiro

Abertas para pesquisadores e estudantes, as inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por meio de formulário online, até 27 de agosto de 2021

SHARE
,
Prêmio Luiz de Castro Faria - IPHAN

Estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Luiz de Castro Faria, que reconhece a pesquisa acadêmica cujo tema seja o patrimônio arqueológico brasileiro. O concurso vai premiar pesquisas que, devido a sua originalidade, vulto ou caráter exemplar, mereçam registro, divulgação e reconhecimento público.

Realizada desde 2013 pelo Centro Nacional de Arqueologia (CNA) do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a iniciativa distribuirá premiações que vão de R$ 7 mil a R$ 20 mil. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas, em formato online, até 27 de agosto de 2021.

Leia: A reinvenção dos docentes

De acordo com o diretor do CNA, Herbert Moura, “o prêmio surgiu a partir da iniciativa de ampliar a divulgação e o reconhecimento das produções científicas que abordam o patrimônio arqueológico brasileiro”. Hoje, para o diretor “trata-se de uma realidade consolidada, sendo o maior prêmio de arqueologia do Brasil, que proporciona o reconhecimento da arqueologia, amplia a proteção aos bens arqueológicos e incentiva as pesquisas científicas”.

De acordo com edital, pesquisadores e estudantes podem se inscrever em quatro categorias: monografia de graduação, dissertação de mestrado, tese de doutorado e artigo científico.

Categorias do Prêmio Luiz Castro Faria

Categoria I – Monografia de Graduação: visa a apresentação de monografia final desenvolvida no âmbito de cursos de graduação em Arqueologia (ou com habilitação em Arqueologia reconhecido pelo MEC) e que verse sobre o patrimônio arqueológico brasileiro. Premiação: R$ 10 mil. 

Categoria II – Dissertação de Mestrado: visa a apresentação de dissertação de mestrado desenvolvida no âmbito de cursos de pós-graduação stricto sensu em Arqueologia, ou com área de concentração em Arqueologia reconhecida pela Coordenação de Pessoal de Ensino Superior (Capes), e que verse sobre o patrimônio arqueológico brasileiro. Premiação: R$ 15 mil. 

Categoria III – Tese de Doutorado: visa a apresentação de tese de doutorado desenvolvida no âmbito de cursos de pós-graduação stricto sensu em Arqueologia, ou com área de concentração em Arqueologia reconhecida pela Coordenação de Pessoal de Ensino Superior (Capes), e que verse sobre o patrimônio arqueológico brasileiro. Premiação: R$ 20 mil.

Categoria IV – Artigo Científico: visa a apresentação de artigo científico inédito que verse sobre o patrimônio arqueológico brasileiro. Premiação: R$ 7 mil.

Serviço:

9ª Edição do Prêmio Luiz de Castro Faria
Inscrições: até 27 de agosto de 2021
Edital e ficha de inscrição:
Edital n° 02/2021
Ficha de inscrição

Informações sobre a premiação:
Centro Nacional de Arqueologia (CNA/Iphan)
(61) 2024-6300 – premio.cna@iphan.gov.br
Quadra SEPS, 713/913 Bloco D – 3º andar Asa Sul Brasília – DF

Leia também:

A quantas anda a curricularização da extensão por aí?

Times Higher Education 2021: Brasil lidera ranking com 67 IES

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN