Curso de Medicina de Indaiatuba fecha parceria com Stanford e Hospital Sírio-Libanês

O Centro Universitário Max Planck criou um conselho consultivo para os novos membros proporem abordagens pedagógicas que aproximem as aulas da realidade profissional

SHARE
, / 1

Parcerias acadêmicas, seja com outras instituições de ensino ou empresas estão – ou deveriam estar – sempre presentes, uma vez que o conhecimento não é estático e os cursos de ensino superior, incluindo os de Medicina, têm o desafio de saber se transformar para preparar com cada vez mais qualidade seus estudantes.

Leia: Startup leva realidade virtual e gamificação para os cursos de Medicina

O Centro Universitário Max Planck (UniMAX), localizado em Indaiatuba, São Paulo, por exemplo, anunciou a criação de um conselho consultivo para seu curso de Medicina. A saber, ele terá a participação do professor doutor Robson Capasso, da Universidade Stanford, e dos médicos Paulo Chapchap, Silvano Raia e Giovanni Guido Cerri, do Hospital Sírio Libanês.

Segundo o UniMAX, os novos parceiros frequentarão a instituição e contribuirão no planejamento das atividades de graduação, propondo, por exemplo, novas abordagens de ensino e de cuidado, além de ministrar conferências de temas específicos em suas áreas de atuação, como é o caso do Programa Fronteiras na Saúde.

Medicina ensino superior
Campus Medicina, UniMAX (foto: reprodução)

Medicina moderna

Aliás, outra estratégia para aproximar os futuros médicos da realidade da profissão será a realização de atividades práticas uma vez ao mês no Hospital Sírio-Libanês. Haverá também encontros e seminários.

Assim sendo, em 28 de setembro, por exemplo, os alunos do UniMAX participarão do 3º Encontro Nacional Médicos do Futuro, promovido pelo Sírio e que abordará desde biotecnologia a empreendedorismo.

“Um dos focos de uma faculdade de Medicina moderna tem de ser a criação de uma cultura de empreendedorismo e inovação tecnológica. Um terço dos alunos, atualmente, pretende ser empreendedor, sendo necessário mostrar a eles algo além de uma medicina convencional. É muito importante que o médico conviva com outros profissionais, em especial, os engenheiros. Essa convivência ajuda a criar a cultura do empreendedor. Isso permite ainda uma experiência interessante dessa nova visão em associar a atenção primária aos recursos da saúde digital”, afirma Giovanni Guido, médico do Sírio-Libanês e membro do novo conselho do UniMAX.

É muito importante que o médico conviva com outros profissionais, em especial, os engenheiros. Essa convivência ajuda a criar a cultura do empreendedor. Isso permite ainda uma experiência interessante dessa nova visão em associar a atenção primária aos recursos da saúde digital”, afirma Giovanni Guido, médico do Sírio-Libanês e membro do novo conselho do UniMAX.

Leia também:

Instituições públicas e privadas trabalharão em conjunto para resolver desafios da área tecnológica

Como as metodologias ágeis podem transformar o ensino superior?

Artigos relacionados

Comentários

comentários

 youjizz

best replica watches

  blog.aidol.asia youngteens.net a-coon.com

PASSWORD RESET

LOG IN